fbpx
Inicial / Arquivos de assuntos: Rio de Janeiro

Arquivos de assuntos: Rio de Janeiro

Sobre o debate na Rede TV entre Crivella e Freixo

Depois de muita insistência houve o esperado debate do 2º turno das eleições municipais do Rio de Janeiro entre Marcelo Crivella e Marcelo Freixo dia 18/10/2016. O fato mais atrativo numa análise mais breve é que Crivella tomou uma surra ...

Leia mais »

Eleições Rio de Janeiro 2014 – Rascunho sobre alguns temas

Os desafios da candidatura de Pezão (PMDB) vão além do recall, aprovação do governo e dificuldade de crescimento nas pesquisas. Tendo o senador Lindbergh Farias (PT), hoje o seu maior adversário, o candidato do atual governador Sérgio Cabral (PMDB), Pezão terá que encontrar alternativas de comunicação diferente das atuais.

Leia mais »

Eleições Rio de Janeiro 2014

Chegou o tão esperado 2014 e a construção do cenário eleitoral não teve recesso. O ex-governador Garotinho (PR) lidera as pesquisas de opinião, seguido de Crivella (PRB), Lindbergh (PT), Pezão (PMDB), Cesar Maia (DEM), Índio da Costa (PSD) e outros com alguma intenção de voto, mas que não alteram o cenário. Ao menos que ocorra algo inusitado, fora da curva natural da política como nova onda de manifestações ou escândalos, o cenário fluminense se mostra bem definido para as eleições 2014 com amplo favoritismo a Lindbergh (PT), manutenção da aliança PMDB e PT, sinuca na trajetória política de Garotinho, evolução planejada de Crivella e amplas possibilidades para o PSD e Índio da Costa.

Leia mais »

Bode Preto

RIO – Quando a Câmara Federal reabriu, em março de 1970, depois do AI-5, senadores e deputados foram ao Alvorada para uma visita de “cortesia” ao presidente Médici. Chagas Freitas, então deputado, do MDB oficial, foi apresentado pela primeira vez ao general, que lhe disse: -Preciso falar com o senhor. Chagas ficou como uma vela de óculos. Puxou pelo braço o deputado Rubem Medina (MDB da Guanabara) e um deputado da Arena de São Paulo, que tinham ouvido a conversa, e lhes perguntou, todo perturbado:

Leia mais »

Governadores do Rio de Janeiro – Período Republicano (1889 — 2014)

No Brasil, cujo pacto é federativo, o governador é eleito com periodicidade de quatro anos, através do sistema de sufrágio universal ou votação em dois turnos, permitida a reeleição pelo mesmo período. É eleito o candidato que obtiver em primeiro turno 50% mais um dos votos. Sendo esta condição não satisfeita, os dois candidatos mais votados no primeiro turno concorrem no segundo turno, sendo eleito o candidato que obtiver maioria simples, ou seja, maior votação entre os dois concorrentes.

Leia mais »