fbpx
Inicial / Blog / PPG – Programas Nacionais de 2013

PPG – Programas Nacionais de 2013

Em tempos de democracia participativa, a maioria dos partidos políticos brasileiros sofre de representação e participação. Suas estruturas não reproduzem a democracia participativa e o processo democrático no interior deles é basicamente para eleger suas direções, um elitismo democrático partidário. Certamente esse problema estrutural dos partidos brasileiros é apenas uma face da gama extensa de problemas que vão da ordem moral e ética à técnica. Atemo-nos ao problema técnico, a propaganda partidária é uma excelente ferramenta de marketing político. As principais características e funções atualmente da propaganda partidária:

  • Difundir/construir imagem do partido e seus líderes;
  • Amenizar problemas de representação;
  • Busca pela mobilização e maior participação;
  • Teste de temas e discursos;
  • Conservar o modelo democrático pluripartidário;
  • Qualificar o território da próxima disputa;
  • Reduzir o ruído de uma troca de discurso;
  • Pactuar determinado tema, postura ou posição com um grupo;
  • Posicionar-se imediatamente sobre um determinado tema em pauta de acordo com sua abrangência;
  • Antecipar uma disputa eleitoral;
  • E muito mais.

Regras

Nos termos da Resolução-TSE nº 20.034/1997:

As cadeias nacionais ocorrerão às quintas-feiras, podendo o Tribunal Superior Eleitoral, se entender necessário, deferir a transmissão em outros dias (art. 2º).

Os partidos devem encaminhar o pedido para veiculação da propaganda partidária desde o primeiro dia útil até o dia 1º de dezembro do ano anterior à transmissão, devendo constar do pedido a indicação das datas de sua preferência para veiculação da propaganda; a indicação das emissoras geradoras, imprescindivelmente com os respectivos endereços e números de fác-símile; e a prova do direito à transmissão, mediante certidão da Mesa da Câmara dos Deputados (art. 5º).

Os partidos deverão encaminhar, com a antecedência de vinte e quatro horas do início da transmissão, as fitas magnéticas contendo as gravações dos programas em bloco ou inserções, sendo que, no último caso, a cada uma das emissoras que escolher. Não sendo entregues as fitas no prazo, as emissoras transmitirão sua programação normal (art. 7º).

Horários

Rádio às 20h

TV às 20:30h

1º Semestre

1º Semestre

Janeiro
03 – PHS
10 – PEN
17 – PV
24 – PDT
31 – PRB

Fevereiro
07 – PSL
14 – PSDC
21 – PPL
28 – PMDB

Março
07 – PRP
14 – PSD
21 – PCB
28 – PCdoB

Abril
04 – PP
11 – PSOL
18 – PRTB
25 – PSB

Maio
02 – PTC
09 – PT
16 – PR
23 – PSC
30 – PSDB

Junho
06 – DEM
11 – PSTU
13 – PCO
18 – PMN
20 – PTB
25 – PTN
27 – PPS

2º Semestre

2º Semestre

Julho
04 – PHS
11 – PV
18 – PDT
25 – PRB

Agosto
01 – PSL
08 – PSDC
15 – PPL
22 – PMDB
29 – PTC

Setembro
05 – PRTB
12 – PRP
17 – PTdoB
19 – PSDB
26 – PPS

Outubro
03 – PSOL
10 – PSB
17 – PSD
24 – PT
31 – PSC

Novembro
07 – PR
14 – PCB
21 – PEN
28 – PP

Dezembro
03 – PSTU
05 – PcdoB
12 – DEM
17 – PTN
19 – PTB
26 – PCO

→ Confira aqui os Programas Nacionais de 2013.

Fonte: TSE

Sobre Juliano Sebastian

Consultor político, graduado em Comunicação Social e pós-graduado em História e Ciências Sociais. Gosto muito de samba, NFL, futebol, tecnologia e artes.