fbpx
Inicial / Blog / Discurso de posse Obama (EUA) 2013

Discurso de posse Obama (EUA) 2013

“Cada vez que nos reunimos para dar posse a um presidente, damos testemunho da força duradoura de nossa Constituição. Afirmamos a promessa de nossa democracia. Recordamos que aquilo que une esta nação não é dado pelas cores de nossas peles, os dogmas de nossa fé ou as origens de nossos nomes. O que nos torna excepcionais –o que nos faz americanos– é nossa fidelidade a uma ideia articulada numa declaração feita mais de dois séculos atrás:

‘Consideramos que estas verdades são manifestas: que todos os homens são criados iguais, que eles são dotados por seu Criador de certos direitos inalienáveis, que entre estes estão a Vida, a Liberdade e a Busca da Felicidade.’

Mas sempre entendemos que, quando os tempos mudam, também nós precisamos mudar; que a fidelidade a nossos princípios fundadores requer novas respostas a novos desafios; que, em última análise, a preservação de nossas liberdades individuais requer ações coletivas.

Nós, o povo, ainda acreditamos que cada cidadão merece uma medida básica de segurança e dignidade. Precisamos fazer as escolhas difíceis para reduzir o custo da saúde e as dimensões de nosso déficit. Mas rejeitamos a ideia de que a América deva optar entre cuidar da geração que construiu este país e investir na geração que vai construir seu futuro. Pois nos lembramos das lições de nosso passado, quando os anos da velhice eram passados na pobreza e quando os pais de uma criança com deficiência não tinham onde buscar ajuda.

Nossa jornada não estará completa enquanto nossos irmãos e irmãs gays não forem tratados como todas as outras pessoas perante a lei –pois, se somos verdadeiramente criados iguais, então com certeza o amor que dedicamos uns aos outros também deve ser igual. Nossa jornada não estará completa até que nenhum cidadão seja obrigado a aguardar por horas para exercer o direito de votar. Nossa jornada não estará completa enquanto não encontrarmos uma maneira melhor de receber os imigrantes jovens e esforçados que ainda enxergam a América como terra de oportunidades; enquanto estudantes e engenheiros jovens e inteligentes não forem recrutados para nossa força de trabalho, ao invés de serem expulsos de nosso país. Nossa jornada só estará completa quando todos nossos filhos, desde as ruas de Detroit até as montanhas da Apaláchia e as ruelas silenciosas de Newtown, souberem que são cuidados, amados e que serão sempre protegidos contra perigos.

É essa a tarefa que cabe à nossa geração: tornar essas palavras, esses direitos, esses valores –a Vida, a Liberdade e a Busca da Felicidade– reais para todos os americanos. Sermos fiéis a nossos documentos fundadores não requer que concordemos em relação a cada aspecto da vida; não significa que iremos todos definir a liberdade de exatamente a mesma maneira, nem que vamos todos seguir exatamente o mesmo caminho em busca da felicidade. O progresso não nos impõe resolvermos para sempre divergências seculares quanto ao papel do governo –mas requer que atuemos em nosso tempo”, discurso de posse do segundo mandato de presidente do EUA de Barack Obama.

Discurso Completo

 

Sobre Juliano Sebastian

Consultor político, graduado em Comunicação Social e pós-graduado em História e Ciências Sociais. Gosto muito de samba, NFL, futebol, tecnologia e artes.